Total de visualizações de página

quinta-feira, 29 de julho de 2010

"Vai ser dificil me atritarem com o Serra," diz Alckmin


Líder nas pesquisas de intenção de voto, o candidato do PSDB ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse nesta quinta-feira (29) que não tem atritos com o presidenciável tucano, José Serra, com quem disputou a indicação do partido em 2006 para concorrer ao Palácio do Planalto. O comentário foi feito durante sabatina do portal UOL com o jornal Folha de São Paulo.

“Vai ser dificil me atritarem com o Serra. Sou amigo do Serra há 30 anos”, afirmou Alckmin. “A minha origem sempre foi o Franco Montoro [ex-governador de quem Serra foi secretário]. Era prefeito de Pindamonhagaba e já levava o Montoro para fazer palestras. Fomos deputados juntos, fui vice-líder do Serra em Brasília”, listou.

Questionado sobre críticas que Serra fez, em 2007, à gestão de Alckmin, o tucano desconversou: “Os governos do PSDB sempre avançaram. Um governo foi melhor do que o outro. E nós vamos fazer ainda mais, porque são momentos diferentes”, citou.

Em 2008, quando foi candidato derrotado à prefeitura de São Paulo, aliados de Alckmin acusaram o hoje presidenciável, à época governador paulista, de apoiar nos bastidores ao prefeito Gilberto Kassab (DEM), que foi seu vice e tentava a reeleição.

Sobre a Copa do Mundo de 2014, o tucano se comprometeu a não fazer um estádio novo na capital paulista utilizando recursos públicos. “São Paulo estará na Copa do Mundo. Sempre me pareceu mais lógico o Morumbi e o metrô já está na porta daqui um ano e meio. A outra hipótese é o estádio novo. Mas [se for o caso] o governo deve fazer estrutura, não equipamento”, disse. “Se eu for governador não vai haver dinheiro do povo para isso.”

Uol eleições
São Paulo

Nenhum comentário: