Total de visualizações de página

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Modelo americano de educação leva Alckmin a Nova York


"Candidato Tucano ao Governo Paulista visitou escolas pobres,elogiou integração de ensino e fez comparações com São Paulo"

Uma viagem ao exterior foi o primeiro compromisso do candidato tucano ao governo paulista, Geraldo Alckmin, depois do início oficial da campanha. Alckmin passou os dois últimos dias em Nova York a fim de estudar o modelo de educação implantado na cidade, considerado um dos mais bem-sucedidos dos Estados Unidos. A educação é considerada um dos pontos mais frágeis da administração do PSDB em São Paulo.
tucano se encontrou com o prefeito Michael Bloomberg e visitou escolas no Brooklin e Queens, regiões mais pobres da cidade. Reuniu-se, também, com o secretário municipal de Educação, Joel Klein. "Foi uma troca. Algumas coisas já fazemos em São Paulo, como ter dois professores nas salas de alfabetização", comparou. Alckmin elogiou a integração de ensino técnico e médio em algumas escolas nova-iorquinas e a educação em tempo integral em escolas de bairros pobres.

O sistema de ensino da maior cidade americana tornou-se referência ao dar autonomia aos diretores de escolas municipais e permitir o fechamento de unidades com desempenho considerado ruim. Em São Paulo, o governo José Serra causou protestos ao defender o pagamento de bônus aos professores de acordo com seu desempenho na sala de aula.

Na quarta-feira, 16, Alckmin almoçou com empresários no Council of the Americas. Ele aproveitou para defender a candidatura presidencial de Serra. "A preocupação (dos empresários) era com as diferenças entre os governos do PSDB e do PT. Falei para eles que o PSDB defende uma política fiscal rígida e uma política monetária compatível com o desenvolvimento. O governo do PT tem política fiscal frouxa e monetária dura."

Nenhum comentário: