Total de visualizações de página

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

José Serra inaugura mais três obras do Onda Limpa







Serra entrega estações em Praia Grande, Mongaguá e Itanhaém que integram o maior investimento de saneamento do litoral


O governador José Serra entrega nesta sexta, 26, mais três obras do Programa Onda Limpa - uma Estação de Precondicionamento (EPC) em Praia Grande e duas Estações de Tratamento de Esgotos (ETEs), uma em Mongaguá e a outra em Itanhaém. As estações fazem parte do maior programa de saneamento brasileiro no litoral, o Onda Limpa, com investimento de R$ 1,9 bilhão entre Baixada Santista (R$ 1,4 bilhão) e litoral Norte (R$ 500 milhões). Na semana passada, o governador inaugurou os sistemas de saneamento de Santos, Bertioga e Guarujá. Em breve, serão entregues estações em Peruíbe e Cubatão.

“Isso melhora a qualidade das praias, melhora o turismo, valoriza as propriedades aqui, o que é bom, e transforma a praia grande num balneário turístico mais sólido, mais adequado. Isso é bom para quem tem suas casas aqui e é bom para a população que precisa de emprego, porque isso também gera bastante emprego”, comemorou o governador.


Com o Programa Onda Limpa, o índice de coleta de esgoto na Baixada Santista saltará de 53% para 95%, com 100% de tratamento do coletado. O processo ocorrerá de forma gradativa até 2011. No litoral Norte, a coleta sobe de 35% para 85%, também com 100% de tratamento da quantidade coletada.

Com a entrega das obras de precondicionamento e tratamento desta sexta, toda a infraestrutura para tratar os esgotos está concluída. A partir de agora, haverá a conexão de esgotos às redes para que os índices de coleta e tratamento aumentem de forma gradativa até a conclusão do programa.

O Onda Limpa inclui, na Baixada Santista, 7 ETEs, duas EPCs, a construção de um emissário submarino na Praia Grande e a ampliação de outro em Santos. No litoral norte, são 15 ETEs, uma EPC e um emissário submarino em Ilhabela, além de redes e demais instalações para coleta de esgoto em ambos.

O programa vai permitir uma melhora considerável na balneabilidade das praias de todo o litoral, beneficiando 1,6 milhão de moradores e 1,35 milhão de turistas na Baixada Santista e 306 mil habitantes e 280 mil turistas no litoral Norte. O programa começou a ser posto em prática em 2007, já projetado para acompanhar o crescimento das cidades e atender por três décadas as populações fixa e flutuante dos nove municípios do litoral Sul e dos quatro do Norte.

O Onda Limpa proporcionou a criação de 80 mil empregos diretos e indiretos, além de trazer ganhos sociais para toda a população, como redução dos índices de mortalidade infantil e de internações por doenças de veiculação hídrica, recuperação de rios e córregos e desenvolvimento social e ambiental das regiões atendidas.


Mambu Branco
Além das obras de esgotamento sanitário, os municípios do litoral Sul também serão contemplados no próximo ano com a inauguração do sistema de abastecimento de água, o sistema Mambu Branco, localizado em Itanhaém. São R$ 300 milhões de investimento com benefício de 1,2 milhão de pessoas entre moradores e turistas.


Fonte: Sabesp

Nenhum comentário: