Total de visualizações de página

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Afastamento do Governo do DF foi decidido por unanimidade



Afastamento do governo do DF foi decidido por unanimidade
Publicado em 2 de dezembro de 2009. Guerra anunciou que quem não sair será punido ou deixará PSDB



– Por unanimidade, a Executiva Nacional do PSDB decidiu, nesta terça-feira, o afastamento imediato de seus filiados que integram o Governo do Distrito Federal (GDF). O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira pelo presidente nacional da sigla, senador Sérgio Guerra (PE). “O PSDB não está mais no governo”, informou o senador.

Ele comunicou, ainda, que o filiado do PSDB que preferir não deixar o governo do DF terá que se desligar do partido. Na avaliação do presidente do PSDB, as denúncias de corrupção que envolvem o governador José Roberto Arruda, o vice e secretários no GDF, além de parlamentares da Câmara Distrital, são graves e devem ser alvo de uma investigação ampla e transparente.

“Queremos que todas as irregularidades sejam apuradas. Queremos uma imediata investigação. E que haja transparência e responsabilização”, defendeu o senador. “O partido não quer mais a participação de seus membros no atual governo do Distrito Federal”, destacou.

Após a reunião, o PSDB divulgou uma nota oficial comunicando a sua saída do governo do Distrito Federal.

NOTA OFICIAL

A Comissão Executiva Nacional do PSDB considera gravíssimos os fatos ocorridos no Governo do Distrito Federal e espera que as denúncias sejam apuradas com toda a energia.

Face ao exposto, determina o imediato afastamento do Governo do Distrito Federal de todos os membros do Partido.

Nenhum comentário: